The Christian Post > Política|Sab, 11 Set. 2010 01:30 AM EST

Queima do Alcorão Cancelado Novamente

PorEric Young | Christian Post Reporter tradutor Rodrigo L. Albuquerque

A queima do Alcorão prevista para sábado é cancelada – por um período de tempo.

  • Terry-Jones-and-Paul
    (Foto: AP Photo / Sandlin Phil)
    Pastor Terry Jones, à esquerda, da Dove World Outreach Center introduz KA Paul, presidente da Global Peace Iniciativas em Houston, para a mídia em Gainesville, Flórida, sexta-feira, 10 de setembro de 2010.

Mas pode haver uma queima do texto sagrado do Islã no futuro como o pregador por trás do evento controverso que tem recebido um “sinal de Deus” que poderia finalmente pôr um fim nisso – a mudança do centro Islâmico proposto perto do Marco Zero da cidade de Nova York.

“Eu tenho confirmado 100 por cento que ele (Pastor Terry Jones) não irá queimar o Alcorão amanhã.” Mas ele acrescentou, “Eu não posso falar pelo futuro.”

Como para o encontro que o senhor Jones planejou ter com o líder muçulmano por trás do centro islâmico em Nova York, uma afirmação feita pelo Imã Feisal Abdul Rauf revelou que ele não tinha planos neste tempo para encontrar-se com Jones, apesar de haver dito que ele é aberto para ver qualquer um “seriamente comprometido com a busca da paz.”

Ontem, Jones disse aos membros da imprensa que sua Igreja – Dove World Outreach Center em Gainesville, Flórida – estava cancelando “Dia Internacional da Queima do Alcorão,” depois de ele ter alegado que Rauf “concordou em mover a mesquita.”

"O povo americano não quer a mesquita lá. E, claro, os Muçulmanos não querem queimar o Alcorão," disse Jones quinta-feira, ligando os dois planos debatidos.

Curta-nos no Facebook

Não muito tempo depois do anúncio, no entanto, o Park51, o grupo por trás do centro islâmico proposto, negou reportagens sobre o alegado acordo, salientando que Rauf "não" concordou em mover a instalação de 13 andares de US $ 100 milhões.

“É falso que o Park51 esteja sendo movido," relatou a equipe por trás do projeto liderado por Muçulmanos em sua conta no Twitter oficial.

"O projeto está a avançar conforme o planejado. O que está sendo relatado na imprensa é falso," acrescentou.

Em um comunicado, Rauf disse que estava "feliz" que o Pastor Terry Jones, da Dove World Outreach Center, em Gainesville, na Flórida, decidiu não queimar todas as cópias do texto sagrado do Islã. Mas ele disse que não falou com Jones ou o Imã que supostamente mediou a comunicação entre seu escritório e o pastor.

"Estou surpreso com seu anúncio," afirmou Rauf. "Nós não vamos brincar com a nossa religião ou qualquer outra. Tampouco vamos trocar. Estamos aqui para estender nossas mãos para construir a paz e harmonia."

Depois de ouvir a resposta Rauf, Jones disse à NBC News na noite de ontem que "nós estamos um pouco de volta à estaca zero."

Wayne Sapp, pastor adjunto da Igreja Jones, 'acrescentou à declaração de Jones,' relatando "não ter cancelado a queima no sábado."

"Temos suspensa, até a confirmação sobre a informação que recebemos hoje," afirmou.

Depois de esperar até 03:30 de sexta-feira, Paul - um pastor polêmico em seu próprio direito - disse Jones "concordo em princípio" em não queimar Alcorões.

Não foi imediatamente conhecido qual seria o próximo passo de Jones.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca