The Christian Post > Tecnologia|Ter, 29 Jul. 2014 06:42 AM EST

Samsung Galaxy S4 incendeia a cama de menina nos EUA, após dormir com o aparelho

PorLuciano Portela | Repórter do The Christian Post

De forma inesperada, um aparelho Samsung Galaxy S4 pegou fogo debaixo do travesseiro de uma menina de 13 anos nos Estados Unidos.

Ariel Tolfree cochilou junto com o S4, e enquanto dormia, o gadget incendiou sua roupa de cama, se alastrando pelo lençol e o travesseiro.

Em conversa com uma emissora do Texas, Ariel contou que, com sono, não se deu conta de que o problema fosse tão grave.

"Eu não pensei que fosse algo sério, então, eu voltei a dormir e quando acordei novamente vi que o dano estava mais proeminente", afirmou.

Ao analisar o que houve, o pai da menina revelou que a bateria não era a original, e nem mesmo da Samsung, segundo o site da revista Exame.

Desta maneira, com a carga genérica, o pai e a menina não puderam recorrer à garantia da Samsung ou à assistência técnica especializada.

Curta-nos no Facebook

Para amenizar o problema, a menina ao menos não sofreu nenhuma queimadura e conseguiu sair ilesa do acidente.

Assim mesmo, o pai da garota pediu que a Samsung passe a orientar melhor seus usuários, alertando do grande perigo da carga de terceiros.

A Samsung disse que realmente precisa dar destaque ao uso de baterias genéricas, mas lembrou que avisa sobre o perigo de abafar o aparelho.

Outros acidentes semelhantes aconteceram com o Galaxy S3, que pegou fogo por abafarem o aparelho ou mantê-lo em recarga por muito tempo.

O Samsung Galaxy S4 possui uma bateria com capacidade de 2.600 mAh e 370 horas (cerca de 15 dias) de vida útil em espera.

Já o Galaxy S3 oferece carga de 2.100 mAh, resistindo cerca de 320 horas em seu período de espera.

Samsung Galaxy S4
(Foto: Reuters)
Samsung Galaxy S4

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca