The Christian Post > Tecnologia|Qua, 22 Set. 2010 14:13 PM EST

"See You At The Pole" Mais 3M de Estudantes para Oração

PorLawrence D. Jones | Repórter do Christian Post tradutor Amanda Gigliotti

Mais de três milhões de estudantes de todo o país e no exterior devem se reunir, na quarta-feira, nas escolas para pedir para Deus trazer despertar moral e espiritual, para os seus campi e países.

  • See-You-At-The-Pole
    (Foto: AP /News-Sun, Kimberly Ryan)
    Estudantes da Escola de Ensino Médio Houston se reunem ao redor do mastro da bandeira para orar e adorar durante o evento 'See You at the Pole' na quarta-feira, 27 de setembro de 2006, em Hobbs, N.M. Mais de três milhões de estudantes de todo o país e no exterior devem se reunir, nesta quarta-feira, 22 de setembro de 2010, nas escolas para pedir para Deus trazer despertar moral e espiritual, para os seus campi e países.

Na sua edição número 21, "See You At The Pole" (SYATP) vai reunir estudantes nos Estados Unidos para unirem-se aos mastros de sua escola para interceder por seus líderes, escolas e famílias.

Este ano, espera-se que alunos de mais de outros 20 países também participem da prática enquanto o movimento iniciado e liderado por estudantes continua a crescer.

Desde que a SYATP começou nos subúrbios de FT. Worth Burleson, Texas, em 1990, o movimento alargou o seu alcance para lugares como Canadá, Coréia, Japão, Turquia e Costa do Marfim.

"Por 20 anos, temos visto que este dia serve como um trampolim para a unidade dos adolescentes em seus estudos secundários e campi universitários," diz Paulo Fleischmann, presidente da Rede Nacional de Juventude dos Ministérios, que coordena a promoção SYATP.

"See You no Pólo reúne estudantes em oração no início do ano letivo," acrescenta. "Desafiar os jovens a assumirem a liderança em seu campus é sempre uma boa idéia. Todos os anos, oferece um novo desafio para que ministro para os seus amigos. "

Curta-nos no Facebook

Durante o fim de semana, congregações religiosas em todo o país manifestaram seu apoio à SYATP patrocinado pela “Campus Challenge Sunday,” comissionando serviços antes do evento. Congregações reconheceram e oraram para estudantes e educadores cristãos em suas congregações.

Também apoiaram o esforço do grupo legal do Arizona, Alliance Defense Fund, que tem advogados prontos para defender os alunos que estão impedidos por funcionários da escola pública de participar da SYATP.

Em preparação para o evento nacional deste ano, os advogados ADF elaboraram um memorando legal de cinco páginas, informando a todo os funcionários e participantes do SYATP seus direitos legais e precedentes, que lhes dá o direito de informar às pessoas ao redor e participar do evento anual da oração estudantil.

“Não se deve impedir os estudantes cristãos de expressarem pacificamente suas crenças fora do horário de classe,” assinalou David Cortman, Conselheiro Principal da ADF. “À medida que a Corte Suprema dos EUA o indica, eles não abandonam seus direitos constitucionais na porta da escola.”

De acordo com o memorando legal da ADF, os estudantes têm o direito constitucional de participar da SYATP através da oração e atividades de culto. Por outro lado, os estudantes têm um direito individual constitucional de informar seus companheiros sobre o evento SYATP sempre e quando não interrompam materialmente o processo acadêmico ao fazê-lo.

Além disso, se a escola permite aos estudantes de forma individual ou a grupos de estudantes, anunciar eventos através de boletins escolares, sistemas de ensino PA, postagem geral de flyers escola, ou outros meios, a escola não pode proibir o mesmo meio de publicidade para o evento SYATP.

Os funcionários desinformados das escolas públicas têm que entender que a Primeira Emenda não impede os estudantes de promoverem a participação no ‘See You at the Pole,” disse Cortman. “Em troca, evita que os funcionários impessam os funcionários de fazê-lo.”

Segundo uma enquete recente do Centro Primeira Emenda (First Amendment Center), a maioria dos norte-americanos (61 por cento) pode nomear a liberdade de expressão como um direito garantido pela Primeira Emenda. Somente 23 por cento, no entanto, foi capaz de nomear a liberdade de religião como parte dos direitos da Primeira Emenda. Ainda que notavelmente baixa para uma nação onde mais de 80 por cento se identifica com uma religião, essa marca foi a segunda mais alta entre os demais direitos da Primeira Emenda (liberdade de expressão depois) e foi a mais alta registrada pelo Centro Primeira Emenda com relação a este direito desde que começou a pesquisa anual em 1997.

Sabendo isso, a ADF, junto com outros grupos legais cristãos, têm tratado de informar às escolas que a Constituição dos EUA não se opõe à tais eventos como o SYATP. Em contraste, ela protege os direitos dos estudantes a participarem nele.

“Tentamos resolver os conflitos diante à educação dos funcionários públicos na relação com direitos constitucionais de nossos clientes,” expressou o escritório de advocacia em seu memorando para a SYATP.

O tema deste ano para a SYATP, “REVEAL,” vem de Mateus 6:9-13, comumente conhecido como o Pai Nosso.

Com a passagem frequentemente citada, centenas de milhares em todo o país e ao redor do mundo se reuniram em oração na manhã de quarta-feira.

As reuniões de oração têm lugar na maioria das escolas às 7h da manhã, antes de começarem as aulas. Na Austrália, o evento aconteceu este ano no dia 20 de maio.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca