The Christian Post > Mundo|Qua, 1 Mai. 2013 15:34 PM EST

Seita satânica atrai celebridades como Jay-Z e Beyonce

PorAna Caroline de Lima | Correspondente do The Christian Post

Depois do boom da Cientologia - conjunto de crenças e práticas criado por L. Ron Hubbard - que prega, dentre outras coisas, que as pessoas são seres imortais que se esqueceram de sua verdadeira natureza – outra seita está fazendo a cabeça das celebridades da Hollywood. Conhecida como OTO (abreviação do latim Ordo Templi Orientis, ou Ordem do Templo Oriental), é uma prática religiosa que tem como um dos fundadores o ocultista Aleister Crowley.

  • Peaches Geldof
    (Foto: Divulgação)
    Close da tatuagem de Peaches Geldof.

Segundo matéria publicada pelo jornal britânico Daily Mail, famosos como a cantora Beyonce, o rapper Jay-Z e o guitarrista da banda Led Zeppelin Jimmy Page são alguns dos possíveis seguidores da seita, que conta com rituais sadomasoquistas e uso de drogas pesadas, como ópio, mescalina, cocaína e heroína.

Fundada em 1895 por Carl Kellner, Franz Hartmann e Theodor Reuss, e posteriormente reformulada por Aleister Crowley, a OTO preza pela discrição de seus seguidores. Muitos dos símbolos e nomenclaturas utilizados pelos seus adeptos são parecidos com os usados pela maçonaria.

Em entrevista ao Daily Mail, John Bonner, 62, um dos principais líderes atuais da crença, declarou que a OTO não deseja e nunca desejou ter apelo popular, mas afirma “No Reino Unido somos centenas. No mundo, milhares”.

Para os mal informados, a OTO pode parecer um culto pacifista à primeira vista, por incentivar pessoas a explorar “um sistema de crenças no dia-a-dia da vida a fim de alcançar a paz”. No entanto, um olhar mais atento, mostra que a seita é muito mais maléfica do que aparenta.

Declarações como as da socialite inglesa Peaches Geldolf, que resolveu incentivar seus 148 mil seguidores no Twitter a explorar “um sistema de crença libertário” têm chamado a atenção da sociedade. Em resposta à pergunta de uma internauta, Geldolf recomenda: “Se eu fosse vocês, compraria os livros de Aleister Crowley”.

Curta-nos no Facebook

Peaches Geldof
(Foto : Divulgação)
Close da tatuagem de Peaches Geldof

O casal Jay-Z e Beyonce, apontado como o primeiro casal bilionário do mundo da música pelo International Business Times e citado na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Forbes, também seriam seguidores da OTO, segundo o Daily Times.

Beyonce
(Foto: Divulgação)
Beyonce faz suposto sinal de Hórus durante apresentação com o marido Jay-Z

Jay-Z estaria usando símbolos da seita como o olho de Hórus (antigo símbolo egípcio relacionado ao satanismo) e estampado a frase-lema de Crowley em sua linha de roupas, Rocawear. O rapper do Brooklyn tem sido ultimamente associado com a Maçonaria, os Illuminati e outras ordens pelas dicas que exibe em seus trabalhos.

jay-z
(Foto: Divulgação)
Suposta referência a um dos principais símbolos da seita OTO (abreviação do latim Ordo Templi Orientis, ou Ordem do Templo Oriental), o sinal de Hórus , na capa do álbum de Jay-Z “Show me what you got”.

Fundador se intitulava como “A grande besta do 666”

Nascido em uma família britânica de classe alta em 1875, Aleister Crowley é considerado um dos ocultistas mais influentes de todos os tempos. Era conhecido por performar grandes orgias sadomasoquistas regadas por sangue e drogas pesadas como heroína e cocaína.

Foi amplamente criticado por “agir contra os valores religiosos e morais de seu tempo” e acusado de comer bebês em rituais de magia negra, além de gravar símbolos a fogo na pele de mulheres membros da seita.

Crowley também era conhecido como “A grande besta do 666”, ou simplesmente “A besta”, apelido ganhado ainda na infância, quando a mãe do garoto, extremamente religiosa, percebeu o comportamento do filho.

Seita tem como lema: “Fazes o que tu queres”

O líder John Bonner conta que o livre-arbítrio é a chave da religião. Tanto que quando um membro decide se desligar da seita, é presenteado com uma carta de parabéns. “As pessoas podem chamar de culto sexual ou algo parecido, mas nós reconhecemos, aceitamos e adoramos todo o processo que torna o impossível realidade.” Esta abordagem individualista fascina artistas e celebridades, como a jovem Peaches, que recentemente tatuou um coração com a sigla OTO no braço esquerdo.

Bonner admite que muitas pessoas não são capazes de assimilar os princípios da seita. “Não recomendo que os interessados pratiquem nossos preceitos logo de início. Ser um membro da OTO requer tempo e estudo e nossos rituais não são para consumo público. É necessário passar por um processo de iniciação antes de começar a entender, mas de acordo com nossas crenças não podemos deter ninguém. Se você tem mais de 18, é são e livre para participar das iniciações, você possui o direito inegável de participar”, afirma.

Ted Gundersen, ex-agente do FBI que investigou grupos satânicos em Los Angeles, conta que os ensinamentos de Crowley sobre invocação de demônios necessitavam de sacrifício humano, de preferência de jovens.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca