The Christian Post > Entretenimento|Ter, 7 Set. 2010 12:10 PM EST

Semana 'To Save A Life' Inicia Para Ajudar Jovens Sofridos

PorAudrey Barrick | Repórter do Christian Post tradutor Rodrigo L. Albuquerque

Os criadores do filme baseado na fé "To Save A Life (Para Salvar Uma Vida)," lançou na segunda-feira uma campanha de uma semana destinada a tocar um milhão de vidas.

  • to-save-a-life
    (Foto: Samuel Goldwyn Films / C. Clifford Jones)
    Randy Wayne como Jake Taylor, Deja Kreutzberg como Amy Briggs e Kim Hidalgo como Andrea in 'To Save A Life.'

Correspondente com a National Suicide Prevention semana e o início de um novo ano escolar, para guardar uma semana de vida incentiva os adolescentes e as Igrejas a usarem o filme para salvar vidas e se envolverem com os sofridos e solitários em suas comunidades.

"Até onde você iria para salvar uma vida?" perguntam organizadores da campanha. "O filme inspirado ... conta a história da diferença que uma pessoa pode fazer quando eles usam a sua influência e tempo para os outros."

"To Save A Life" estreou na tela grande em janeiro e se tornou o filme número 1 baseado na fé de 2010. Tem sido mostrado em quase 1.000 salas nos EUA, Canadá e áfrica do Sul e foi o filme de n º 1 em fãs no Fandango por seis semanas.

Ted Baehr de Movieguide.org chamou o filme de "um dos melhores filmes já feitos, cristão ou secular. é muito bom."

O filme indie conta a história do astro jogador de basquete colegial Jake Taylor (Randy Wayne), que se desintegra sob a pressão após a morte por suicídio de seu amigo de infância, que ele abandonou há três anos pela popularidade.

Curta-nos no Facebook

Seu ex-melhor amigo deu um tiro no campus após passar por anos de descaso por todos em sua escola. Arrancado com a culpa e arrependimento, Taylor começa a lutar com as questões da vida e procura respostas em lugares que nunca esperou, incluindo a Igreja.

"To Save A Life" foi escrito pelo jovem pastor da Southern California, Jim Britts, que lidava com um monte de adolescentes sofridos do seu grupo de jovens. Britts unia-se com Outreach, Inc., para retratar a realidade enfrentada por muitos adolescentes hoje em dia.

Suicídio, pressão dos colegas, a gravidez na adolescência e aborto são apenas algumas das questões abordadas no filme.

Segundo a Associação Americana de Suicidologia, o suicídio foi a terceira principal causa de morte de jovens (15-19 anos e 15-24 anos) em 2007. Embora os suicídios responderam por 1,4 por cento do total de óbitos anualmente nos EUA, que compreendeu 12,2 por cento de todas as mortes entre os 15-24 anos de idade.

Esta semana, Igrejas, famílias, pastores, professores, treinadores, mentores e adolescentes estão sendo incentivados a convidar seus amigos a assistirem "To Save a Life." Os organizadores da campanha esperam que o filme seja mostrado em mais de 10 mil localidades.

Os participantes estão, então, a ser desafiados a fazer um impacto, começando um "Clube de Almoço" para ajudar os alunos só no campus, como retratado no filme, e para começar ativamente convidando novas pessoas para o grupo de jovens ou de reuniões de clube.

"To Save A Life," classificado como PG-13, foi lançado em DVD e Blu-ray no mês passado pela Sony Pictures Home Entertainment / Afirmar Films.

A Semana “To Save A Life,” acaba 12 de setembro.

Na Web: www.ToSaveALifeLeaders.com.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca