The Christian Post > Cotidiano|Ter, 19 Fev. 2013 11:59 AM EST

Silas Malafaia divulga nova petição em seu favor, já tem 39 mil assinaturas

PorGiana Guterres | Correspondente do The Christian Post

Após a suspensão da petição em favor do pastor Silas Malafaia ter sido retirada do ar, pelo site Avaaz, já está sendo divulgado um novo abaixo-assinado. De acordo com informações no site, a petição deseja recolher pelo menos 200 mil assinaturas. O site já conta com 39 mil assinaturas.

  • silas malafaia
    (Foto: Reprodução)
    Silas Malafaia divulga outro abaixo assinado em favor da "NÃO" cassação de seu registro de psicólogo.

O abaixo-assinado tem por objetivo impedir a cassação do registro de psicólogo do líder da Assembléia de Deus Vitória em Cristo, pastor Silas Malafaia. De acordo com a nova petição, “em nenhuma das entrevistas concedidas à imprensa Silas Malafaia se apresenta como psicólogo, e sim como pastor, o que não justifica uma petição que envolva o Conselho Regional de Psicologia”, justificando o recolhimento de assinaturas.

O informativo no site também ressalta o artigo 5º da Constituição Federal, que garante ao cidadão brasileiro a liberdade para expressar seus pensamentos, onde “ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política”.

“Por isso, criamos um abaixo-assinado pela NÃO cassação do registro de psicólogo do Pr. Silas Malafaia”, alega o autor da petição.

Ainda, de acordo com o site, as assinaturas serão entregues a Vivian de Almeida Fraga, presidenta do Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro.

A polêmica surgiu após uma entrevista do pastor e televangelista Silas Malafaia à apresentadora Marília Gabriela. O programa “De Frente com Gabi” foi ao ar pelo SBT no dia 03 de fevereiro. Na ocasião, o pastor condenou de forma explícita o homossexualismo e a zombaria contra pastores em relação a finanças, negando os dados divulgados pela revista americana Forbes. De acordo com a produção do programa, a edição foi a mais assistida em toda história da atração.

Curta-nos no Facebook

Após a entrevista, integrantes e simpatizantes do grupo LGBT começaram uma campanha pedindo a cassação do registro no Conselho de Psicologia de Malafaia. A primeira petição criada em favor do pastor, teve mais de 65 mil assinaturas até o último domingo, porém o site Avaaz a retirou do ar, alegando que a maioria de seus membros não foram favoráveis. A repercussão do cancelamento já é tanta que foi parar na Revista Época, na coluna de Felipe Patury. O site Avaaz também ficou conhecido pela petição que pede a renúncia de Renan Calheiros à presidência do Senado.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca