The Christian Post > Política|Ter, 5 Fev. 2013 11:57 AM EST

Silas Malafaia no ‘De Frente com Gabi’: discurso ‘Ninguém nasce gay’ causa reações de Jean Wyllys

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

Com seus comentários sobre os homossexuais em entrevista concedida à Marília Gabriela no “De Frente com Gabi” no domingo (3), o pastor Silas Malafaia provocou reações de um dos maiores defensores da causa LGBT, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Durante a entrevista, Silas Malafaia abordou a questão da homossexualidade, afirmando que ela é um comportamento, que ama os gays e discorda 100% de suas práticas, que não acredita que um casal de homossexuais pode criar uma criança perfeita e que a PLC 122 vai contra a Constituição.

“Ninguém nasce gay, não existe ordem cromossômica homossexual. Não existe gene homossexual, existe ordem cromossômica de macho e fêmea”, afirmou ele.

  • jean-wyllys
    (Foto: Divulgação)
    Deputado e ex-BBB, Jean Wyllys, do Partido Socialista.

Veja também: Silas Malafaia no ‘De Frente com Gabi’: ‘O fiel é o maior beneficiado com os dízimos’ (Vídeo)

Jean Wyllys se incomodou com as posições do pastor Silas Malafaia. Em sua página da rede social, Wyllys desabafou que acredita que ao invés de amar, Malafaia planta ódio contra os homossexuais e criticou o fato de a homossexualidade virar tópico quando há outros assuntos importantes para se preocupar.

"Se esse vendilhão do templo homofóbico e semeador de ódio não tivesse horário na tevê aberta nem falasse à grande mídia, poderia ignorá-lo. De todas as homofobias, a mais chata é aquela que vem disfarçada de ‘preocupação’ com problemas ‘mais sérios’: por que não falar da fome?" pronunciou-se Jean Wyllys, pelo seu Twitter.

Curta-nos no Facebook

Veja também: Silas Malafaia em 'De Frente com Gabi': ‘Eu não devo nada e não tenho o que temer’

Silas Malafaia deu dados de uma pesquisa americana que mostram que 46% dos homossexuais foram violados, violentados quando crianças ou adolescentes, sendo que 54% escolheram ter a conduta. Utilizando também argumentos sobre genética, ele afirmou que a homossexualidade é comportamento.

Perguntado qual seria a sua maior “questão” com os homossexuais, Silas Malafaia afirmou que trata-se da alegação por direitos dos homossexuais por ativistas gays com em detrimento da coletividade. Silas Malafaia entende que os direitos são os mesmos tanto de receber proteção como de obrigações para todos, homossexuais ou não, não havendo necessidade de uma outra lei específica a eles, como é o casso da PLC 122.

Veja também: Silas Malafaia no de ‘Frente com Gabi’: ‘Ninguém nasce gay’ (Vídeo)

“Se eu tomar um tapa na cara, é igual que se um homossexual tomar um tapa na cara. Se alguém me xingar, a lei tá igualzinha para eles, se alguém xingar eles.”

Malafaia relembrou que não é a favor de que ninguém morra, nenhum homossexual. E reafirmou seu amor por eles, afirmando, entretanto, que discorda deles 100%.

“A mãe de um bandido vai na cadeia, o filho é assassino (...). Ela o ama profundamente. Agora pergunta se ela concorda com aquilo. Concordar com uma prática é uma coisa, amar a pessoa é outra. Eu amo os homossexuais, mas discordo 100% deles.”

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca