The Christian Post > Mundo|Qua, 2 Jan. 2013 14:50 PM EST

Sobe o número de mortos em vigília da Igreja Universal na Angola

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

O número de mortos durante uma vigília da Igreja Universal do Reino de Deus na Angola na véspera do Ano Novo chega a 16, informou o Angop nesta quarta-feira.

  • Igreja Universal
    (Foto:Divulgação)
    Igreja Universal condenada a pagar indenização de R$ 10 Mil por agressão

Segundo o jornal estatal da Angola, 16 pessoas foram mortas em um tumulto na entrada do estádio Cidadela Desportiva, onde aconteceu o evento. Entre os mortos estavam três crianças.

As mortes aconteceram por pisoteamento e asfixiamento pela multidão que tentava entrar no estádio. De acordo com Paulo de Almeida, o vice-líder da polícia angolana, cerca de 150.000 pessoas tentaram assistir ao evento em um estádio cuja a capacidade é de 50.000.

Um oficial da IURD, Ferner Batalha, afirmou que esperava a presença de 70.000 pessoas. "Esperávamos 70.000 pessoas, mas esse número foi amplamente superado", admitiu ele nesta terça à Angop.

Batalha afirmou que a igreja havia avisado as autoridades e pedido a colaboração da Cruz Vermelha na organização da vigília.

Além dos mortos, 120 pessoas ficaram feridas.

Curta-nos no Facebook

Em um outro evento ocorrido no fim de ano na Costa do Marfim, uma tragédia similar aconteceu. Pelo menos 60 pessoas e mais de 200 ficaram feridas durante a celebração de ano novo em Abidjan.

A multidão acompanhava um show de fogos de artifício quando se criou uma “grande avalanche”, segundo o comandante do corpo de bombeiros, Isa Sako. "Pessoas foram pisoteadas e sofreram asfixia", acrescentou.

Os feridos foram hospitalizados e a área foi isolada pela polícia e por membros da Operação das Nações Unidas na Costa do Marfim (Onuci).

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca