The Christian Post > Entretenimento|Ter, 12 Nov. 2013 20:23 PM EST

UFC 167: de Royce Gracie a Georges St-Pierre, veja o que mudou no UFC nestes 20 anos

O UFC 1 aconteceu no dia 12 de novembro de 1993 com três vitórias de Gracie na mesma noite

PorLuciano Portela | Repórter do The Christian Post
  • UFC
    (Foto: Divulgação/UFC)
    Logotipo oficial do UFC.

O UFC completa vinte anos nesta terça-feira (12), com a lembrança do primeiro campeão, o brasileiro Royce Gracie e a expectativa do evento UFC 167 que celebrará a ocasião com o campeão Georges St-Pierre (CAN) defendendo o título dos meio-médios.

A disputa da categoria dos meio-médios é uma amostra de como o campeonato de Ultimate Fighting mudou desde seu primeiro evento, no dia 12 de novembro de 1993, quando ainda não havia divisões de pesos e cards, e os lutadores encaravam mais de um combate na mesma noite para confirmar seu título.

Durante o UFC 1, o MMA (Artes Marciais Mistas) ainda era chamado de "vale-tudo" e o torneio era disputado no formato de lutas eliminatórias, com a etapa das quartas de final até a grande decisão.

Para confirmar seu título, Royce Gracie teve que duelar com três oponentes, cada um especialista em uma modalidade: o boxeador Art Jimmerson (EUA) nas quartas, o wrestler Ken Shamrock (EUA) na semifinal e o carateca Gerard Gordeau (HOL) na final.

Todos os adversários de Royce foram superados através de finalizações atribuídas por sua especialidade, o Gracie Jiu-Jitsu, arte marcial fundamentada pela família do lutador no início do século XX e difundida em todo o mundo nos dias de hoje.

Uma das razões para o crescimento do jiu-jitsu foi o surgimento do conceito de Artes Marciais Mistas no ano 2000, que então une vários tipos de lutas e leva os atletas do UFC a aprenderem diversas modalidades, combinadas a um novo regulamento com rounds e limite contra golpes ilegais.

Curta-nos no Facebook

Em 2001, o campeonato estava à beira da falência e veio a mudança que transformou o UFC no que é hoje. Dana White, na época promotor de boxe, tomou as rédeas da competição, e com o investimento irmãos Lorenzo e Frank Fertitta, donos de cassinos em Las Vegas (EUA), e a segmentação das categorias, o UFC 31 trouxe o formato que é até agora.

Atualmente, o UFC está em plena expansão ao render milhões de dólares por seu sucesso em vendas na TV paga e em eventos de suas dez categorias realizados em diversos países, com o palco principal em Las Vegas.

Las Vegas inclusive será a sede do UFC 167, mais uma vez no complexo MGM Grand Las Vegas, com Georges St-Pierre no embate contra Johny Hendricks (EUA), previsto para a madrugada de sábado para domingo, depois de quatro combates no card principal e mais sete no card preliminar.

St-Pierre vem de uma série de nove defesas de cinturão consecutivas (além de outras duas pelo cinturão interino) e um cartel de 24 vitórias (8 por nocaute, 5 por finalização e 11 por decisão dos jurados) e 2 derrotas (uma por nocaute e outra por finalização).

Já Hendricks acumula 6 vitórias seguidas, mais um cartel de 15 vitórias (8 por nocaute, 1 por finalização e 6 por decisão) e 1 derrota (por decisão).

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca