The Christian Post > Mundo|Ter, 8 Out. 2013 23:41 PM EST

Universitária cristã recebe ameaças de morte de homem que conheceu pela internet

Holly Mason conheceu o rapaz na plataforma OkCupid

PorLuciano Portela | Repórter do The Christian Post

Depois de conhecer um rapaz em um site de namoro online, uma universitária cristã de 21 anos foi obrigada a chamar a polícia para contê-lo, quando começou a sofrer ameaças de morte, conforme relatado pelo canal norte-americano KIROTV.

  • OkCupid
    (Foto: Reprodução/Facebook)
    OkCupid, plataforma em site e aplicativo para namoro online.

Holly Mason, estudante da Seattle Pacific University, fez uma conta na plataforma OkCupid e conheceu Adam Carter-Campbell, de 24 anos. Os dois se correspondiam normalmente, até que a jovem passou a evitá-lo, o que conduziu Campbell a fazer as ameaças.

Com tom de violência e certo delírio, o rapaz passou a investir em variadas mensagens intimidadoras. Em cada frase, Carter-Campbell buscava inserir-se em um contexto de perigo contra Holly.

"Eu sonho com um paraíso, onde você e eu poderíamos nos isolar em uma ilha, para ninguém mais conseguir ouvir você gritar", dizia Carter-Campbell em uma das mensagens.

E mesmo com a garota na iniciativa de tentar bloqueá-lo na internet, ele criou outros perfis para continuar a atemorizá-la, expressando ainda mais agressividade, com o começo das ameaças mais diretas de morte, além de sugerir um ataque em massa.

"Cara, você me bloqueou?! Não acredito! Você é a razão porque fuzilamentos em massa acontecem. Vou te culpar completamente se o pior acontecer, mas eu ainda posso consertar isso. Basta você ser mais agradável comigo. Assim eu não terei a inclinação para matar um monte de pessoas", declara o rapaz em outra mensagem.

Curta-nos no Facebook

Depois de sentir extremamente aterrorizada pelas mensagens e temer por algum tipo de atentado, Mason decidiu chamar a polícia através do 911, número para ligações de emergência nos EUA, equivalente ao 190 no Brasil.

"Eu não sei que tipo de armas que ele tinha acesso. Estava preocupada com o que ele poderia fazer com outros, pois estava transtornado com alguma coisa que eu nem fiz. E como eu não queria ficar com isso na cabeça, também não queria ver Seattle ameaçada", resume Mason.

Ao fim do caso, a polícia prendeu Carter-Campbell, sob fiança estipulada em 100 mil dólares. Não foi encontrada nenhuma arma no apartamento do rapaz e ele não possui histórico criminal. Todavia a polícia segue com a investigação.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca