The Christian Post > Cristianismo|Qua, 22 Mai. 2013 08:01 AM EST

Vinte mil argentinos são esperados na Jornada Mundial da Juventude

PorSarah Curty | Correspondente do The Christian Post

A primeira viagem internacional do papa Francisco em julho por ocasião da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) será marcada pela presença massiva de argentinos. Segundo Mario Miceli, responsável pela pastoral da juventude da arquidiocese de Buenos Aires, a expectativa para ver de perto o papa conterrâneo no Rio de Janeiro, cidade sede do evento, é grande.

  • papa
    (Foto: Reuters/Alessandro Bianchi)
    Papa Francisco é o líder católico desde início de 2013, sucedendo Bento XVI.

“Estimamos que apenas da cidade de Buenos Aires teremos 5 mil participantes e acredito que seremos mais de 20 mil de todo o país”, disse Miceli à agência France Presse.

A proximidade geográfica do Brasil com a Argentina permite que mais peregrinos vão à JMJ, que acontecerá entre os dias 23 e 28 de julho. Sob o lema “Somos a Diocese do Papa, a Igreja de Francisco”, Miceli afirmou que a maneira que os jovens chegarão ao Brasil não importa.

Diferentemente da última Jornada, ocorrida em Madri, apenas seis mil argentinos fizeram a viagem, mas agora, segundo Mario Miceli, as condições são outras e fiéis com boas ou más condições financeiras poderão tentar ver papa Francisco de perto.

‘Viajaremos de avião ou ônibus. Queremos que esta seja uma jornada diferente das anteriores, nas quais só puderam viajar pessoas de uma realidade socioeconômica melhor. Queremos uma representação social mais ampla e queremos que viajem pessoas das cidades mais pobres”, contou Miceli.

Para que todos possam fazer a viagem, Miceli afirmou que a arquidiocese não tem medido esforços em ajudar a população. “Estamos trabalhando nos bairros, fazendo economias, recebendo contribuições, doações e fazendo várias atividades para arrecadar fundos para que aqueles que têm menos possam estar perto dele”, relatou.

Curta-nos no Facebook

Estima-se que cerca de 2,5 milhões de jovens visitem o Rio de Janeiro e que os argentinos sejam os estrangeiros em maior número.

Esta é a segunda vez que a Jornada Mundial da Juventude é sediada por uma cidade latino-americana. A primeira foi em 1985, em Buenos Aires e foi presidida por João Paulo II.

  • Victoria Osteen e seu esposo Joel Osteen, pastor sênior da Igreja Lakewood em Houston, Te...
  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
Não Perca