The Christian Post > Entretenimento|Qua, 18 Jul. 2012 11:33 AM EST

Vitor Belfort desabafa sobre a tragédia da irmã em seu novo livro de fé

PorAmanda Gigliotti | Repórter do The Christian Post

O lutador de MMA (Artes Marciais Mistas, em português) evangélico Vitor Belfort desabafou sobre sua irmã que foi assassinada, em sua noite de autógrafos do seu novo livro, na Saraiva MegaStore, do Shopping Ibirapuera, na segunda-feira.

  • Vitor Belfort
    (Foto: www.ediouro.com.br)
    Vitor Belfort, lutador de Artes Marciais Mistas (MMA) lançará livro "Lições de garra, fé e sucesso — Vitor Belfort"

Vitor lançou seu livro “Lições de garra, fé e sucesso: Vitor Belfort", onde conta experiências de sua vida que ele chama de “luta da vida”, que incluem a perda de sua irmã, sucessos e insucessos da carreira, como veio para Cristo, etc.

O desaparecimento é um dos temas mais abordados em seu livro, e Vitor Belfort desabafa sobre como ela desapareceu e foi morta.

“Foi uma luta e ainda é. A vida muitas vezes monta um cenário que você não espera. E como você faz para ser feliz nos momentos de tristeza? Essa á a maior luta que um ser humano pode ter. O segredo é abrir seu coração”, disse Belfort sobre a superação da tragédia, segundo o TN Online.

Segundo ele, Priscila havia saído do trabalho para almoçar em janeiro de 2004 e depois disso não foi mais encontrada, até que em 2007, uma mulher confessou o assassinato. Ela teria revelado que o crime foi cometido junto com outros três homens para pagar uma dívida com traficantes.

Em uma parte do livro, Belfort fala que segundo a linha de investigação mais coerente apresentada pela polícia houve um sequestro relâmpago, e Priscila foi levada para dentro de uma favela, para uma boca de fumo.

Curta-nos no Facebook

“Foi estuprada várias vezes ao longo de dias seguidos, depois assassinada, queimada e sumiram com os restos. Dá para pensar em um golpe baixo mais arrasador?” indaga ele no livro.

Vitor confessa que não quis fazer uma biografia por se achar muito jovem. Entretanto, ele sentiu o desejo de expressar ali, a sua luta de vida. “A luta que é tratada no livro é a luta da vida”.

Depois de saber sobre o desaparecimento, Vitor Belfort diz que encontrou Deus, como já relatou em seus testemunhos. Pensamentos de vingança, raiva e amargura o consumiram, e foi aí que ele ouviu a voz de Deus em uma de suas orações.

"Filho, não importa como você olha, como você pensa sobre sua vida, sua irmã me pertencia."

"Acho que há duas maneiras de se chegar a Deus, pelo amor ou pela dor. A minha foi através da dor," afirmou Belfort no vídeo testemunho do I Am Second.

Belfort e sua esposa Joana Prado, que foi um dia conhecida com a “Feiticeira”, são ambos evangélicos e vivem atualmente em Los Angeles, nos Estados Unidos. Eles possuem três filhos, Davi, 7, Vitória, 4 e Kyara, 3.

Vitor Belfort aproveitou a ocasião da noite de autógrafos para confirmar que fará parte do próximo UFC Rio e que seu adversário será revelado na próxima semana. “Vai dar tudo certo e vou lutar no Rio em outubro”, prometeu Vitor, que está se recuperando de uma fratura na mão esquerda.

  • ...
  • Brasileirão 2013: tabela de classificação completa após 1ª rodada...
  • Protestos ocorrem com a aprovação do casamento gay na França....
  • Wanderlei Silva no TUF Brasil...
Não Perca